• Paula Costa, Artista Plástica

Artista Visual. Rio de Janeiro, Brasil.

Direito de Utilização de Imagens exclusivamente de Paula Costa, sem autorização para cópia ou compartilhamento.

All Material Copyright © 2019 Paula Costa. Site Design & Build Paula Costa 

BURLAMAQUI, Cristina.
2017. In: Paula Costa / Transborda Exhibition

Curadora da Exposição Transborda / Transborda Exhibition Curators

O Espaço Movimento Contemporâneo Brasileiro / EMCB propõe-se a ser um lugar singular para refletirmos sobre as novas expressões da arte. Pretende promover movimentos artísticos sem o compromisso com a periodicidade, mas sim com a harmonia e a poesia atemporais de poéticas contemporâneas que instigam a inteligência e o prazer. Harmonia esta que não se inscreve no trivial do excesso, mas na delicadeza e na raridade da invenção.                                            

Por este motivo, convidamos  a artista plástica  Paula Costa, para sua primeira mostra  cuja base do trabalho é a matéria orgânica extraída da Mata Atlântica como uma folha de filodendro, ou uma costela de adão e até mesmo as pétalas de rosa ou antúrios naturais aonde ela borda palavras soltas em “uma costura da vida” .  A delicadeza da folha bordada surpreende com palavras certeiras e poéticas e assim projeta  uma experiência renovada que  oxigena a arte . O bordado na matéria viva nos transporta a uma nova relação espiritual de energia gerando  uma arte à flor da pele e novas questões para a arte contemporânea, em que a tela é a folha ou  rosa...                                                                                                                                                

O movimento Transborda trabalha “o tempo presente, o agora” pois segue o curso da vida em uma questão de arte e vida, em uma suposta sinestesia para gerar novos sentidos e diálogos.                  

As folhas e rosas bordadas pela artista Paula Costa desvelam “o estar no mundo” no limite do sensível...

 

 

Cristina Burlamaqui, 26 de setembro de 2017

Espaço Movimento Contemporâneo Brasileiro / EMCB (Brazilian Contemporary Movement Place) intend to be a singular place to make us think about the new expressions of art. It intends to promote artistic movements without the commitment to periodicity,  with the timeless harmony and poetry of contemporary poetics that instigate intelligence and pleasure. Harmony that doesn’t enroll herself in the trivial of excess, but in the tenderness and rarity of invention. That’s why we’ve invited the plastic artist Paula Costa for her first show, which basis is organic material extracted from Mata Atlântica, like philodendron  or  adam’s rib leaves; even rose petals or natural anthuriums where she embroiders free words in an “embroidery of life” .

The tenderness of an embroidered leaf surprises with the right and poetic words projecting a renewed experience that oxygens art. The needlework in the living material provides a new spiritual energy relationship generating art under the skin and new questions to the contemporary art, where the canvas is the leaf or the rose...

Transborda is a movement that explores "the current time, now", because it flows in teh lifecourse in a matter of art and life, in a suposed synesthesia to provide new meanings and dialogues. The leaves and roses embroided by Paula Costa unveils "being in the world" in the limit of the sensible...

 

Cristina Burlamaqui, September 26th, 2017.